edifício na rua andrade corvo

edificio-rua-andrade-corvo-copia

Este edifício de habitação e comércio situado no limite do perímetro histórico da cidade de Braga, respeita o alinhamento urbano da rua e divide-se em dois volumes para denunciar o ritmo parcelar desta parte da cidade.
Utilizadas no projecto por questões de uso, de conforto e de aspecto, as venezianas de correr em alumínio, que privatizam os terraços, evocam curiosamente um princípio generalizado no século XVII e XVIII em Braga, que é o de cobrir as fachadas das construções com venezianas para permitir um «retiro religioso absoluto» dos seus ocupantes.