casa 39

Para as 120 casas dos loteamentos periféricos ao Golfe de Ponte de Lima, além do estipulado pelo projecto camarário, foram elaborados 4 projectos-tipo e um regulamento e foi também realizada uma “casa modelo” de modo a exemplificar o tipo de implantação, de volumetria e de materiais pretendidos.
A ideia era exemplificar para incentivar a criação de um conjunto construído coerente que garantisse, para cada morador, um usufruto em privacidade das vistas sobre o golfe.
Com o aparecimento das moradias, fomos tropeçando de surpresa em surpresa.
A casa modelo foi desfigurada.
Apesar da qualidade de algumas realizações, o objectivo principal – obter um conjunto único e unitário – foi desvirtuado pelos egoísmos das expressões individuais.